36456455_303

Neste último domingo (20),  a Igreja além de celebrar o encerramento do ano litúrgico, através da Solenidade de Cristo Rei do Universo, também concluiu o Ano Santo da Misericórdia, que foi proclamado pelo Papa Francisco em 08/11/2015.

Por ocasião do fechamento do Jubileu extraordinário da Misericórdia o Papa Francisco publicou uma Carta Apostólica, sob o título de “Misericórdia e mísera”, divulgada nesta segunda (21). O documento é dividido em 22 pontos, e sua grande novidade é a extensão definitiva que o Pontífice concede para que a partir de agora, todos os sacerdotes possuam a faculdade de absolver todas as pessoas que incorreram no pecado do aborto. Antes esta faculdade só poderia ser exercida pelo Bispo

O documento pode ser lido na íntegra em português através da página oficial do Vaticano.